[Resenha] Tudo Menos "Normal"

Jason Blake é um autista de doze anos vivendo em um mundo neurotípico, de “pessoas normais”. Para ele, que sempre é apenas uma questão de tempo até que alguma coisa dê errado.
Mas Jason acaba encontrando um pouco de compreensão quando cruza com Phoenixbird, uma garota que publica histórias no mesmo website que ele. Jason pode ser ele mesmo quando escreve, e imagina que Phoenixbird, cujo nome descobre ser Rebecca, pode se tornar sua primeira amiga de verdade.
Mas tanto quanto ansioso para conhece-la, Jason está apavorado com a possibilidade de que, quando isso acontecer, Rebecca não seja capaz de enxergá-lo como realmente é, indo além das aparências.
– Sinopse.


Uma leitura surpreendentemente leve, para o tema abordado. O livro é narrado em primeira pessoa por Jason, e, como não poderia deixar de ser vindo de um menino de doze anos, as palavras são simples e a leitura é rápida. Você pode incluir esse na sua lista de livros para ler em um dia!


A autora do livro soube conduzir muito bem, dando um ritmo excelente ao livro, intercalando o presente com memórias do personagem, assim nós conhecemos sua vida.


Tudo menos “normal” fala das dificuldades e limitação que Jason tem, por ser autista. Mostra como é difícil para ele ir para a escola, conversar com a mãe ou até usar calças. Mas não é um livro sobre essas dificuldades, elas apenas estão lá, misturadas com a vida do garoto que faz o máximo para não magoar os outros e sonha em ser um escritor famoso um dia.


O livro é bem curtinho e rápido de ler, mas mesmo assim é possível criar um carinho especial pelos personagens, principalmente pela família do Jason. A mãe que sempre se perde, o pai que não fala muito (e isso é bom) e o irmão mais novo, que mesmo sendo “normal” faz questão de imitar Jason em algumas coisas...


Enfim, é um livro que de uma forma “bonitinha” nos ensina um pouco mais sobre aprender a conviver e respeitar as diferenças, pois nem as pessoas “normais” são perfeitas. 

8 comentários

  1. so pelo nome eu ja amei, me pareceu bem legal, n tinha visto ainda

    Bjuuu
    Juliana Medeiros
    umabonecamasnaodeporcelana.blogspot.com.br
    facebook.com/UmaBonecaMasNaoDePorcelana

    ResponderExcluir
  2. Oi Tainah,
    Como você esta?
    Flor acho que esse foi um dos pouquíssimos livros que eu li resenha no blog e não gostei. Pela temática eu achei fofo e bacana abordar o autismo, mas eu não me interessei pelo livro.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Larissa =)
      Estou bem, e você?
      Entendo, entendo.. Beijos :*

      Excluir
    2. Um pouco sumida, mas bem ^^
      Beijocas ^^

      Excluir
  3. Bem diferente essa temática. Narrada por um autista. Parabéns pela resenha.

    meupedepagina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi.

    Não conhecia, mas fiquei interessada, até pelas limitações.

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Desconhecia completamente esse livro, mas fiquei encantada por ele <3


    xx

    ResponderExcluir