[Resenha] Antes Tarde Que Mais Tarde

É tempo de recomeçar.

Depois de completar trinta anos, tudo acontece de uma vez na vida de Karla Kristina!


Uma avalanche de novidades que antes pareciam impossíveis!


Uma repaginada completa, novos amigos, novos amores, reconciliação, realização profissional, viagens...

Não há limites para ser feliz, sonhar e se divertir, nesta deliciosa comédia romântica assinada por Liana Cupini. – Sinopse.


Karla Kristina é uma mulher de 29 anos frustrada com a vida. 
Uma irmã mais nova insensível, uma mãe difícil de lidar, a namorada Barbie fútil de seu melhor amigo de infância, um emprego que paga pouco e ela detesta, o nome com “k” e, mais importante de tudo, o descobrimento de um novo signo do zodíaco.


“Faltava pouco mais de uma semana para o meu trigésimo aniversário quando um inferno astral tomou conta da minha vida: um novo signo havia sido descoberto, e eu, que passei vinte e nove anos me perguntando o que tinha de errado comigo, enfim descobri que eu não era de Sagitário, e sim de Serpentário.”
Após fazer essa descoberta, Karla faz o que qualquer pessoa normal faria: vai até uma cartomante para saber o que será de sua vida agora!     A mulher lhe diz que ela passará por muitas mudanças e blábláblá e ela sai de lá convencida de que foi dinheiro jogado fora. Mas ela realmente passa por várias mudanças!

E no turbilhão de novidades que entra (quase) de uma vez na sua vida, Karla finalmente percebe que nunca vai sair do poço de comodidade e auto piedade no qual havia se enfiado se não começar a tomar atitudes por si mesma, ao invés de ficar só assistindo seus amigos e família tentando melhorá-la.

E ela passa por todas as mudanças com a leveza e graça de um peixe fora d’água. 



Karla conta suas aventuras de forma leve e divertida, sem deixar de nos dar uma leve liçãozinha de vida. (leia-se: não se afunde em um poço de comodidade e auto piedade!)

Entretanto, durante a leitura do livro pude perceber algumas coisas que me incomodaram bastante, de forma que eu não poderia deixar de citar (e assim, também, você entenderá o porquê da classificação) :

  1°) Muitos pronomes. Muitos “eu”, “o”, “a” etc. Compreensível que quando o autor (nesse caso, a autora) está escrevendo a estória, ele está mais preocupado com a estória, não se vai colocar muitos “eu” no meio do texto. Mas na hora de revisar o texto é bom prestar atenção nisso e tentar tirar os pronomes desnecessários.
  2°) Algumas cenas pareceram terminar do nada. Talvez por o livro ser tão curto e com tantos acontecimentos.
  3°) Algumas partes do livro me pareceram um pouco incoerentes. Por exemplo:

“- Sim, meus pais tem uma casa lá e vão viajar para Buenos Aires na virada.
Eu nem imaginava que ele tinha um irmão.”
Nessa cena, ela está no meio de uma conversa, a pessoa comenta que os pais tem uma casa em Florianópolis e, do nada, ela começa a pensar que não sabia da existência de um irmão. Só que esse “irmão” nem foi citado na conversa. Fiquei me perguntado de onde havia surgido a informação...

Acredito que tudo isso possa ser justificado pelo fato de que o livro foi lançado de forma independente pela autora, logo, não teve redator, editor e sei lá mais quantos profissionais existem preparando um texto em editoras. E, como todos sabemos, a autora é responsável por criar a estória, ela não é profissional de nenhuma das áreas citadas. E como nada disso influenciou de verdade no entendimento da estória, está até bom.. kkk


 Apesar dos apesares, eu adorei ler sobre a Karla e seus amigos! E completamente recomendo para quem quiser uma leitura leve para relaxar e rir. (E ficar refletindo sobre “como vai estar minha vida quando eu fizer trinta?” haha)








Site Facebook Amazon 
(você pode comprar o livro direto com a autora, no site dá pra entrar em contato com ela. parece-me que a versão que está a venda da Amazon [e-book] foi reeditada pela MODO editora, logo, deve estar livre de todos os "defeitos" que citei acima. não sei se a 3° edição (a lançada pela MODO) possui livros impressos, a edição que tenho é a 2°).

Veja minha entrevista com a autora clicando aqui.

○ Booktrailer ○

Atualizando: Antes Tarde Que Mais Tarde vai ter sua estréia na impressa pela MODO na bienal do Rio, no dia 07/09/2013. O que significa que já vai dar para todos adquirirem o livro impresso que passou pela editoração toda, e isso elimina todas as minhas críticas, só sobrou que a estória é muito boa! =D

12 comentários

  1. Infelizmente, o livro não me conquistou. Mas, para quem gosta do gênero é uma ótima escolha. Ótima resenha!


    Lucas / Era uma vez
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que é muito de menina mesmo kkk
      Obrigada!

      Excluir
  2. Oi!
    Gostei da resenha, mas o livro não chama minha atenção.

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi ^^
      Obrigada! E é, é um livro bem de menina mesmo, então entendo que não foi do seu gosto, normal kk

      Bjo :*

      Excluir
  3. Talvez se esse livro passar pelas mãos de algum profissional, esses errinhos sejam retirados. É complicado publicar um livro independente exatamente por causa disso, certas coisas passam que nem percebemos.
    Mas ainda quero ler esse livro. Parece ser bacana!

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim, concordo!
      Ele é bem legal sim, eu adorei a estória!

      Beijo

      Excluir
  4. Gostei muito da resenha! :D
    Ah, também vou postar a resenha deste livro lá no blog, terça feira, passa lá e dá uma olhada também.

    Até mais! o/

    www.bookolicos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada.
      Vou lá sim ^^

      Até!
      fantasiandocomoslivros.blogspot.com.br

      Excluir
  5. Hey
    Gostei bastante desse livro, achei bem divertido.
    E o amigo gay é uma figura! HAHA

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi ^^
      Também achei muito divertida a história, e o Lely é MESMO uma figura! kkkkkkk

      Bjs

      Excluir
  6. Oi, cara achei as suas observações sobre o livro muito singular e bem feitas. Acho importante sermos sinceros! Nem preciso dizer que gostei, né?

    Beijos, @_RayPereira
    http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir